Este é o meu espaço... e o de tod@s aquel@s... Que as suas as vidas são movidas por desafios! Que acreditam que um mundo melhor é possível! Que acreditam em UTOPIAS... por isso vamos UTOPIAR!

.posts recentes

. Autarquia promove Camp...

. Já tens a tua Agenda 2010...

. 20 de Março de 2010- Vamo...

. Yike Bike...

. BIBLIOTECA DIGITAL GRATUI...

. Filósofo Lipovetsky defen...

. O hipnotizador

. Jardim Botânico de Coimbr...

. Os dez mandamentos para e...

. Hoje comemora-se o Dia Na...

.arquivos

. Junho 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

Sábado, 31 de Janeiro de 2009

Fórum Social: Jovens de todas as partes do mundo encontram-se em Belém do Pará para defenderem «um outro mundo possível»

Milhares de pessoas encontram-se no Fórum Social Mundial, em Belém, no Estado do Pará, para discutirem a proposta de «um outro mundo possível» a levar em consideração o estilo de vida, a crença, religião, ideologia, língua e nacionalidade.

Jovens e movimentos sociais de todos os cantos do mundo vão à Amazónia para dar voz a seus anseios na defesa de direitos e na cobrança das autoridades por políticas afirmativas e de inclusão.
Ambientalistas, negros, mulheres, indígenas, sindicalistas e tantas outras tribos culturais e de todas as idades compartilham experiências e se aproximam num contexto de convivência harmônica e reciprocidade. Enquanto Arno Bongo reivindicava os direitos das comunidades que residem próximo à rodovia BR-163, conhecida como Transamazónica, que liga os municípios de Santarém, no Pará, à Cuiabá, no Mato Grosso (1.700 km), e a necessidade de preservar o meio ambiente, jovens da Aldeia da Paz, comunidade alternativa no Fórum, defendem a permacultura. Luciano Almeida, de Belo Horizonte, Minas Gerais, que estava vestido de planeta Terra no dia da Marcha da Abertura do Fórum, disse à Lusa que a realização do evento na Amazónia ocorre num contexto "bem sugestivo".
"Todo mundo decidiu reunir-se aqui no Fórum para gritar bem alto para o mundo ouvir que a gente precisa de mudança de paradigma e que um outro mundo é possível. Nós precisamos de mudança, a Terra está a sofrer", reivindicou o permacultor. A estudante universitária de Brasília, Luciana Felizola, aos 22 anos, é outra que acredita na agroecologia e que, assim como a permacultura, afirma serem as únicas soluções para "salvar o planeta". Esta é a primeira vez que participa do Fórum e diz que para um criar um novo mundo, é preciso começar com os pequenos actos, separar o lixo do orgânico, fazer uma casa de banho ecológica, "a gente deve pensar em dar os bons-dias a quem a gente não gosta. É assim que se começa".
Ramish Enpel, por sua vez, veio da Índia para lançar uma única mensagem: "Queremos paz." "Queremos direitos para as pessoas", afirma o indiano, membro da organização South Asian People's Initiative (Iniciativa dos Povos do Sul da Ásia). Além das grandes causas como a preservação do meio ambiente, a defesa dos povos indígenas, quilombolas, dos direitos humanos, contra violência no campo e nas cidades e contra as guerras, há também aquelas causas desconhecidas por muita gente. Labey carregava durante a Marcha de Abertura do Fórum duas bandeiras do Saara Ocidental.
No seu protesto silencioso na caminhada, ele defendia a emancipação de seu país que está actualmente anexado por Marrocos. "Vim para o Fórum para fazer que as pessoas saibam de nossos conflitos e nossa luta, estamos a lutar contra o colonialismo marroquino e também contra o imperialismo", disse No meio de protestos e manifestações individuais, há também as colectivas como a da Amnistia Internacional, que está a apresentar o programa "Dignidade".
Fabian Poriqui, membro da organização, afirma que a campanha global, que será anunciada em Maio, vai lutar contra a pobreza nos países do Sul. Enquanto isso, João Davi, luta pela união civil e o combate à discriminação de gays, lésbicas, bissexuais e travestis. Ele é membro do Movimento Homo de Belém e do Cidadania, Orgulho e Respeito (COR). Assim como ele, pelo menos outras 30 pessoas carregavam uma grande bandeira com as cores do arco-íris para simbolizar a diversidade de opções sexuais. Até 01 de Fevereiro, 120 mil pessoas de 130 países estão em Belém para participarem no Fórum Social.
Estima-se que apenas no Acampamento da Juventude estejam acampadas cerca de 20 mil pessoas nas áreas verdes da Universidade Federal Rural da Amazónia (UFRA).
 
Fonte: Lusa
sinto-me:
tags:

publicado por DesafiarTe às 19:46

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Desilusão... qb

 

Ando um bocadinho (para não dizer muito!) farta das noticias que entram em casa via televisão, das páginas dos jornais, dos comentários dos cafés,... do mundo.

Estamos num momento da história mundial... que não conseguimos ter um termo de comparação para esta crise mundial...

Se para uns ela já é um facto... para outros ela está distante... mas uma coisa é certa, não é possível fugirmos dela.

E o que vemos fazer as pessoas que ajudámos a eleger? Supostamente, para defender os nosso direitos e deveres enquanto cidadã(o)s... bagunça, polémica,...!!!

Deveriam dar o exemplo, e dão!!!! Mas um grande mau exemplo.

 

Isto é muito claro... o ser-se político hoje, é lutar por um lugar ao sol. E os outros? Esses fiquem no seu lugar, para eu manter o meu.

Hoje não se é político por paixão... é-se por interesse. Falta alma, ânimo, valores aos nossos políticos.

Como dizia um escritor espanhol "Apetece-me chorar com o discurso dos nossos políticos!"

 

E preparo-me para a notícia... "Eleições antecipadas!" (É claro que isto custa dinheiro! E a quem ? A nós!!!)

Mas não serão uma eleições que nos irão ajudar a ultrapassar os nossos problemas... porque teremos mais do mesmo. Por isso, só um movimento social forte, pode marcar a diferença!

Parece-me que teremos que lutar por um novo 25 de Abril...

Outras lutas certamente virão!!! Novas utopias conjuntas!!!

 

 

 

sinto-me:

publicado por DesafiarTe às 15:50

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

Apelo... Rancho Folclórico de Macinhata do Vouga

Este apelo chegou-me via dorfeu... é impossível ficar indiferente!

Qualquer informação pode ser decisiva.


APELO

 




A sede do Grupo Folclórico e Etnográfico de Macinhata do Vouga (Águeda), foi assaltada e o seu espólio material e cultural roubado. O fruto de mais de 20 anos de trabalho desapareceram e o futuro desta colectividade ficou seriamente comprometido, seja pelas perdas insubstituíveis, seja pelo desalento que tomou os dirigentes e os componentes do Etnográfico de Macinhata do Vouga.

Não apenas trajos, calçado, instrumentos e adereços, mas também as largas dezenas de peças originais com mais de um século, recolhidas na região e protegidas ao longo de mais de vinte anos... tudo foi espoliado, de modo inqualificável, por quem até teve interesse ou apetite pelos objectos, símbolos e lembranças acumuladas em centenas de permutas e deslocações realizadas em Portugal e no estrangeiro pelo grupo de Macinhata do Vouga.

Qual a motivação? Qual o interesse económico dos larápios? Qual o destino de tanto património cultural roubado?

Apelamos à solidariedade e ao espírito de classe de toda a família de grupos de folclore e de ranchos folclórico, apelando à atenção de todos para identificar a presença de algumas destas peças, seja em feiras de velharias, seja em estabelecimentos comerciais com artigos da tradição ou, ainda, caso exista algum contacto para oferta de algum deste espólio. Os alertas deverão ser dirigidos aos moveis 936408927 (José Augusto Marques dos Santos),  93 6170 206 (Filipe) ou 96 38 82 281 (Armando Costa).

tags:

publicado por DesafiarTe às 17:31

link do post | comentar | favorito

.DesafiarTE

.pesquisar

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds